Notícias

Carpegiani comemora vitória, mas deixa claro: “Temos que melhorar”

27/08/2018

O treinador Paulo Cézar Carpegiani concedeu entrevista na Toca do Leão após o triunfo rubro-negro por 1×0 em cima do Atlético/MG na tarde deste domingo (26). Essa foi a primeira vitória sob o comando do treinador nessa que é a sua terceira passagem pela equipe.

Ele analisou a partida e enxergou atuações diferentes nos dois tempos de jogo. “Acho que fizemos dois tempos bem distintos. No primeiro tempo tentamos impor o ritmo, mas faltou trabalhar um pouco mais na frente. Impomos o ritmo, marcamos sob pressão, o que sofremos fora, fizemos na nossa casa. A todo instante, com muita força, incessantemente, e pagamos um preço no segundo tempo. Esgotou um pouco fisicamente e o Atlético foi um pouco melhor no segundo tempo. Mas acredito que o resultado premiou o esforço, a garra, a determinação do pessoal”, comentou.

Carpegiani também enxergou alguns erros que precisam ser corrigidos para as próximas partidas. ” No primeiro tempo faltou trabalhar um pouco mais a bola, fazer um grande lance, uma grande jogada, nos precipitamos. Tivemos o jogo no nosso controle. Frisei isso no intervalo para eles. Aquele domínio que tivemos, a superioridade, não ia ocorrer. Você não consegue manter ritmo forte, com marcação sob pressão. Faltou tranquilidade para fazer um grande lance, uma grande jogada, para desfrutar de mais oportunidades. O Atlético esteve melhor no segundo tempo. O mais importante é que a equipe está confiante. Sabe que precisa melhorar muito, mas está com os pés no chão. Os jogadores no vestiário disseram isso. Temos que melhorar. Nesse segundo turno todas as equipes estão mais ajustadas, mais acertadas. Consequentemente as dificuldades serão maiores”, afirmou.

A questão da confiança do elenco foi outro ponto abordado por Carpegiani. “Os jogadores precisam de confiança. É um jogo atrás do outro. Eles estavam em uma série de jogos difíceis. Essa confiança se adquire dentro de campo. Não é com minhas palavras, com torcedor. Torcedor que time vibrante, como foi no primeiro tempo. É isso, as vitórias é que darão a continuidade desses jogadores. Temos que trabalhar, escolher o que temos de melhor, preparar a equipe com os pés no chão”.

O próximo desafio de Carpegiani à frente do comando técnico do Vitória será no sábado (1), às 16h, contra o América/MG, no Barradão. O rubro-negro baiano tem 22 pontos e é o 14º colocado no Brasileirão 2018.

 

Foto: Tiago Caldas / Arena Rubro-Negra

Fonte: Arena Rubro-Negra

Enviado...

Enviado com sucesso!