Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Oitavo rebaixamento coloca o Vitória ao lado do Santa Cruz como recordistas em quedas

Poucos torcedores do futebol brasileiro conhecem tanto a dor do rebaixamento como o do Vitória. Para ser mais preciso, apenas aqueles que acompanham o Santa Cruz já sofreram com tantas quedas quanto os rubro-negros. Os dois clubes dividem o ingrato posto de recordistas em números de rebaixamentos no cenário nacional. São oito para cada lado.

A oitava queda do Vitória aconteceu na tarde do último domingo. O Leão dependia de uma combinação de resultados para se manter na Segunda Divisão, mas não fez nem a parte dele e terminou derrotado pelo Vila Nova, no Barradão. Por sinal, o estádio foi palco dos principais fracassos do clube em 2021 e serviu como plano de fundo para seis dos oito rebaixamentos do Rubro-Negro.

Essa é a segunda vez que o Vitória é rebaixado para a Terceira Divisão. As outras seis despromoções levaram a equipe à Série B. Esse número, inclusive, coloca o Leão da Barra ao lado de América-MG e Coritiba como aqueles que mais vezes caíram para a Segunda Divisão do futebol nacional, recordes negativos que pouco agregam à centenária história do clube.

Quando o Vitória disputou a Série C, em 2006, a Terceira Divisão representava o fundo do poço do futebol brasileiro. Com a criação da Série D, em 2009, “o buraco ficou mais embaixo”. A próxima temporada vai ser, então, a primeira em que o Rubro-Negro corre risco de ser rebaixado por uma Terceira Divisão diferente.

O Santa Cruz, que divide com o Leão o topo da lista de clubes com mais rebaixamentos, já alcançou a negativa façanha. O Tricolor de Pernambuco foi rebaixado para a Série D há pouco mais de dois meses.

A lista dos clubes com mais rebaixamentos continua com América-RN, Criciúma e América-MG. Todos somam sete despromoções. Entre eles, o Coelho é o único ainda tem atividade na temporada, mas com poucas chances de sofrer uma oitava queda em 2021. Os mineiros ocupam a décima posição na tabela da Série A.

Goiás, Coritiba, Paysandu e Joinville completam o ranking com seis rebaixamento cada. Nenhum deles pode movimentar a lista ainda na atual temporada.