Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Tabu positivo: Vitória não perde para a Ponte Preta há cinco anos

O Vitória vem de uma sequência ruim na Série B, com sete jogos sem vencer. Porém, o Rubro-Negro pode se apegar a um dado favorável para renovar as esperanças para a próxima rodada da Segunda Divisão. O adversário desta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Barradão, será a Ponte Preta, um rival que o time baiano conserva um tabu positivo.

Nos últimos seis confrontos entre as duas equipes, o Vitória não saiu de campo derrotado. O último revés rubro-negro para a Macaca foi no segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2016. Na ocasião, o time paulista venceu por 2 a 0, com gols de Wendel e Rhayner. O Vitória da época era treinado por Argel Fucks e tinha na formação titular Fernando Miguel; Diogo Mateus, Ramon, Kanu e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo, Tiago Real e Sherman Cárdenas; Kieza e Zé Love.

Em 2017 Vitória e Ponte Preta voltaram a se enfrentar pelo Campeonato Brasileiro e, desde então, o Rubro-Negro não perdeu para a Macaca. Em seis jogos, venceu quatro e empatou outros dois.

Um dos jogos em que o Vitória venceu se destaca, mas não pelo futebol apresentado. Em 2017, o Rubro-Negro foi até Campinas para encarar a Ponte pela penúltima rodada da Série A. Os dois times brigavam contra o rebaixamento. A Macaca saiu na frente com Lucca e ampliou ainda no início do primeiro tempo com Danilo Barcelos. No entanto, o zagueiro Rodrigo foi expulso após agredir Santiago Tréllez.

Com um jogador a mais, o Vitória pressionou e conseguiu virar a partida, com dois gols de Tréllez e um de André Lima. Logo após o Rubro-Negro balançar as redes pela terceira vez, torcedores quebraram uma das grades do Moisés Lucarelli e invadiram o gramado, o que obrigou os jogadores a correrem para o vestiário.

A Polícia Militar entrou em ação e teve que controlar uma invasão maior. Após quase 50 minutos de paralisação, foi decidido que a partida não teria continuação por falta de segurança.

Nesta terça-feira, Vitória e Ponte Preta voltam a se enfrentar em condições delicadas em termos de tabela de classificação. O time baiano tem nove pontos e ocupa a 18ª posição. A Macaca vem logo atrás, também com nove pontos, mas saldo de gols inferior. A equipe que vencer pode dormir fora do Z-4. Em caso de empate, as duas equipes permanecem entre os quatro últimos colocados.